Prometendo dar a vida em todos os jogos, o Avaí estreia no Campeonato Brasileiro neste domingo, quando enfrenta o Vitória no estádio da Ressacada, em Florianópolis, a partir das 16 horas. Uma semana depois de perder o título catarinense para a Chapecoense, o time da capital volta à elite para mostrar a mesma garra vista na Série B do ano passado.

Para quem tem como primeiro objetivo evitar o rebaixamento, vencer em casa é obrigação mesmo diante do Vitória, atual campeão baiano. “Nós precisamos manter um nível de concentração lá em cima. Se não for assim, não teremos sucesso. Vamos enfrentar adversários de alto nível, jogadores em outro patamar”, explicou o técnico Claudinei Oliveira. Ele ressalta ainda a grande diferença de investimento entre os clubes da elite.

A baixa no time vai ser o atacante Denílson, que levou a pior após uma dividida com o lateral-esquerdo Diego Tavares. Houve, inclusive, a necessidade dele ser encaminhado de ambulância a um hospital. A tendência é que Lourenço assuma o posto. Ao menos foi isso visto durante os treinamentos.

O técnico poderá contar já com seus novos contratados. O volante Wellington Simião, vindo do Ituano, além do lateral-direito Diego Tavares e do zagueiro Airton, ambos do Paraná, estão à disposição e devem ficar no banco de reservas, como opções para o segundo tempo.