O escocês Andy Murray levou um susto neste domingo, mas faturou a vitória em sua estreia no Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos. O número três do mundo perdeu o set inicial para o russo Evgeny Donskoy e precisou mostrar poder de reação para virar o placar e fechar o jogo por 5/7, 6/2 e 6/2.

Ao vencer o tenista russo, Murray encerrou uma sequência negativa em Indian Wells. Ele havia sido eliminado na estreia nas últimas edições do torneio. Com chances de alcançar o segundo posto do ranking neste Masters, o escocês terá pela frente nas oitavas de final o taiwanês Lu Yen-Hsun, que avançou ao eliminar o eslovaco Martin Klizan por 7/6 (7/5) e 7/6(7/5).

O argentino Juan Martín Del Potro também teve dificuldade em sua estreia no piso rápido de Indian Wells. Contra o russo Nikolay Davydenko, ex-Top 10, Del Potro sofreu uma quebra de saque no início de cada set, mas conseguiu a virada e venceu por 6/3 e 6/4. Seu próximo adversário será o alemão Björn Phau, que surpreendeu o francês Jeremy Chardy, 25º cabeça d chave do torneio, por 6/2, 2/6 e 6/4.

A rodada de Indian Wells contou ainda com o retorno do local Mardy Fish às quadras. Afastado das quadras desde o US Open, em agosto do ano passado, ele sofreu para derrotar o compatriota Bobby Reynolds por 6/3, 3/6 e 6/4. Fish, que chegou a cogitar aposentadoria, havia deixado o circuito para tratar uma arritmia cardíaca.

Ainda neste domingo, os cabeças de chave Juan Monaco e Alexandr Dolgopolov foram eliminados da competição. O argentino, 14º pré-classificado, caiu diante do australiano Marinko Matosevic por 7/5 e 6/0. O tenista da Austrália já havia despachado o espanhol Tommy Robredo na estreia.

Já o ucraniano Dolgopolov, 22º cabeça de chave, não resistiu ao argentino Carlos Berlocq e foi superado em três sets: 6/3, 6/7 (5/7) e 6/3.

Outro integrante da lista de favoritos, o croata Marin Cilic avançou às oitavas de final ao derrotar o espanhol Albert Ramos por 7/6 (9/7) e 6/2. Cabeça de chave número 12, ele enfrentará na sequência o canadense Milos Raonic, que se classificou ao contar com desistência de Michael Llodra. O francês apontou uma lesão no quadril para abandonar o torneio.