O britânico Andy Murray conseguiu uma virada espetacular nesta terça-feira para se classificar às quartas de final de Roland Garros, em partida iniciada na segunda e que foi paralisada por conta da falta de Luiz natural. O número 4 do mundo venceu o sérvio Viktor Troicki por 3 sets a 2, com parciais de 4/6, 4/6, 6/3, 6/2 e 7/5.

O duelo foi paralisado na segunda-feira após a disputa do quarto set, quando Murray empatou a partida após perder as duas primeiras parciais. Nesta terça-feira, Troicki começou melhor o set decisivo e chegou a abrir 5/2. Em seguida, o britânico confirmou o seu serviço, fez 5/3, mas viu o número 15 do mundo abrir 30/0 no nono game.

Murray, porém, reagiu. Conseguiu duas quebras de serviço, teve três match-points salvos por Troicki, mas triunfou por 7/5. Assim, o britânico igualou o seu melhor desempenho em Roland Garros, que foi em 2009, quando também avançou às quartas de final.

Agora, o britânico vai enfrentar o argentino Juan Ignacio Chela, que venceu na segunda-feira o colombiano Alejandro Falla por 3 sets a 2. Murray venceu seis das sete partidas que disputou contra o tenista sul-americano.