A notícia de que o volante Pierre recebeu uma boa proposta para jogar nos Emirados Árabes preocupou o técnico Muricy Ramalho. O novo comandante do Palmeiras, que mostrou empolgação ao acompanhar os primeiros jogos do jogador, disse que o volante é imprescindível no esquema do time.

“O Pierre é o nosso coração, é o coração do Palmeiras. Trata-se de um atleta muito importante, pois além de marcar com extrema desenvoltura, tem tido liberdade para apoiar mais o ataque e tem gostado dessa função”, afirmou Muricy.

A torcida palmeirense foi informada sobre a possível saída de Pierre na noite de sábado, após a vitória sobre o Sport por 1 a 0, na Ilha do Retiro. O atleta disse que recebeu uma proposta tentadora e pode deixar o clube caso não receba um aumento salarial do Palmeiras. “Estou feliz aqui, mas tem de haver uma valorização”, comentou o jogador.

Para o treinador, a permanência de Pierre vai beneficiar o time e o próprio jogador. “Nós temos condições de disputar esse título e, para o Pierre, continuar com a gente seria ótimo para a carreira dele. A valorização pessoal conta muito neste momento, e eu torço para que ele fique”, comentou o técnico.

Apesar das declarações de Pierre, o gerente de futebol do Palmeiras, Toninho Cecílio, negou qualquer proposta concreta pelo atleta. “Não temos nenhuma proposta oficial por ninguém. Não tenho dúvida que grandes clubes europeus estão observando nossos jogadores. Mas, por enquanto, não chegou nada”.