Muricy Ramalho ficou decepcionado com o fraco desempenho do Santos, desfalcado de Neymar, Ganso e Elano, neste domingo, contra o Sport, na Vila Belmiro. Foi o segundo empate por 0 a 0 do time no Campeonato Brasileiro. E, além do resultado negativo, o que mais o treinador lamentou foram as contusões de Rafael Galhardo, Bernardo e Arouca.

“Vamos ter que esperar os resultados exames para saber o que aconteceu com eles”, disse o treinador. Ele disse que achou o jogo muito ruim. “O Sport veio à Vila para não jogar e nós também não jogamos. Tínhamos a obrigação de jogar muito mais. Quem está no Santos tem que mostrar muito mais do que jogamos na partida de hoje. Não tem desculpa”, reclamou.

O treinador santista disse que decidiu dar folga para Elano e deixar Henrique boa parte do jogo no banco porque os dois correram demais na partida da quinta-feira passada diante do Vélez Sarsfield. “Se pudesse, tirava o time inteiro”.

No jogo deste domingo, Muricy começou a fazer observações para encontrar o substituto de Ganso – foi submetido a uma artroscopia no joelho direito, sexta-feira, e fica parado durante 30 dias – para enfrentar o Corinthians nos dias 13 e 20 de junho pelas semifinais da Copa Libertadores. E não gostou principalmente de Felipe Anderson.

“No Santos não tem espaço para jogador mais ou menos, só para cara grande. E Felipe tem de querer jogar mais do que vem jogando”, criticou o comandante santista. Embora Felipe Anderson seja considerado pelos dirigentes o jogador ideal para herdar a camisa 10 quando Ganso for para o exterior, Muricy faz sérias restrições ao futebol do meia. Até quando o garoto jogou bem, ele afirmou que se tratava de um jogador com qualidade, mas que chegou ao profissional com defeitos de fábrica (base).

Outro que não mostrou futebol para ser titular no jogo contra o Sport foi Gerson Magrão, que também é uma das esperanças para ser o novo armador do time. A tendência é de que o veterano Léo, que passou a ser reserva na lateral com a chegada de Juan, seja passado para o meio. “Ainda não decidi quem será o substituto. Como o jogo será mais à frente, vou observar um pouco mais”, disse Muricy.

Com o empréstimo de Vinicius Simon ao América-MG, Muricy deve inscrever Ewerton Páscoa para as semifinais da Libertadores e não é descartada a contratação de última hora se a contusão de Arouca for grave.

A maioria dos jogadores usou a forte marcação do Sport como desculpa para a má atuação do time. “A equipe se comportou bem, mas o jogo foi truncado demais. Criamos algumas oportunidades, mas não fomos felizes nas finalizações”, disse Alan Kardec, o herói da classificação santista para as semifinais da Libertadores. O atacante evitou apontar as falhas do time, mas, com a ausência de Neymar, ele não teve com quem trabalhar as jogadas ofensivas.