A temporada 2015 do atletismo brasileiro começa neste sábado, quando três dos principais nomes da modalidade no País competem pela primeira vez. Fabiana Murer, Fábio Gomes e Augusto Dutra, todos do salto com vara, vão participar do Meeting de Rouen (França), realizado em estádio fechado, num aquecimento para uma temporada que promete ser exaustiva.

“Consegui passar tranquilamente, sem lesões, pela fase de treinos pesados e trabalhei muito, além do físico, no aperfeiçoamento técnico de alguns detalhes, como a velocidade da corrida, por exemplo. Estou me sentindo forte fisicamente”, conta Murer, que iniciou a temporada de treinos em novembro.

A saltadora vai participar de outras quatro provas do calendário indoor: os Meetings de Vendée e Nevers (ambos na França), um torneio em Estocolmo (Suécia) e o Grand Prix de Birmingham (Inglaterra), este último daqui a um mês. A meta é buscar o recorde sul-americano, de 4,82m, feito exatamente em Birmingham, em 2010.

“Optei por fazer a temporada indoor justamente para pegar ritmo de competição e dar uma quebra no treinamento antes da temporada ao ar livre, que será bem longa. Depois, volto a treinar e a me preparar para os Jogos Pan-Americanos de Toronto e o Mundial de Pequim”, contou.

A temporada 2015 a primeira cisão do salto com vara brasileiro. O ucraniano Vitaly Petrov, ex-técnico de Sergei Bubka e Elena Isinbayeva, deixou de ser consultor da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e está treinando individualmente o campeão mundial juvenil Thiago Braz em Fórnica (Itália). O garoto, que já é top10 do mundo, deixou a equipe de Elson Miranda e trocou a BM&F Bovespa pela Orcampi, de Campinas.

Por conta das mudanças, nas viagens à Europa o grupo não fica mais baseada em Fórnica. Agora, por exemplo, está em Malmo, na Suécia. Thiago Gomes e Augusto Dutra continuam sob o comando de Elson Miranda.