enkontra.com
Fechar busca

De Letra

MP do futebol alterada vai ser votada hoje em Brasília

  • Por Lawrence Manoel

A medida provisória 79/02, que trata da moralização do futebol brasileiro, deve ser votada hoje. Porém, nem mesmo o ministro dos Esportes, Agnelo Queiroz, sabe se ela vai ser aprovada da forma como está. Ontem, em Joinville, Queiroz comentou com uma certa decepção a “virada de mesa” repentina promovida pelo deputado Gervásio Silva (PFL-SC). Ele apresentou novo texto, contrariando o acordo firmado entre os partidos na quarta-feira última.

“O grande ponto de divergência diz respeito à transformação dos clubes em empresa”, afirmou Queiroz. Ele explicou que a proposta do PFL obriga todos os clubes a se transformarem em empresas. “Isto não é possível. Não é constitucional. Nossa proposta obriga os clubes a transformar em empresa apenas o departamento profissional”, explicou o ministro.

Queiroz destacou que a moralização e organização do futebol brasileiro é condição fundamental para que o mundial de 2014 seja disputado aqui. Ele salientou que alguma evolução já foi conseguida, principalmente com a criação do Estatuto do Torcedor, que coloca os direitos e os deveres de quem vai aos estádios. “No próximo dia 24 haverá um seminário em Brasília com Jhonn Quit, um dos responsáveis pelo fim do vandalismo em estádios ingleses”, contou, salientando que é favorável à criação de uma tropa da Polícia Militar treinada para grandes eventos esportivos. “Estamos tentando fazer com que o clube que cria o atleta não saia prejudicado nas transações.

Esporte olímpico

Queiroz foi categórico em dizer que o Brasil fará grande campanha no pan-americano de 2007, que será no Rio de Janeiro. “Uma lei que criei, ainda como deputado, transfere 2% dos prêmios das loterias federais para os esportes olímpico e paraolímpico. São R$ 50 milhões anuais”, contou o ministro. Ele afirmou que a boa participação no pan ajudará a trazer uma Olimpíada para o Brasil. “Ainda há uma disputa interna entre Rio e São Paulo, para daí podermos lançar a candidatura.” O ministro contou que pretende implantar centros de excelência em vários esportes em todo o Brasil

“Porém, assim como todo o governo Lula, a questão social é vital. Vamos fazer parcerias e fazer com que o esporte se torne numa forma de inclusão social”, concluiu Queiroz.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas