O Real Madrid está indefinido para a partida desta quarta-feira diante do Barcelona, pela decisão da Copa do Rei, em Valência. O zagueiro Albiol, suspenso, não tem condições de jogo e o técnico José Mourinho ainda não confirmou o seu substituto.

A dúvida passa, inclusive, pela forma de o Real Madrid jogar. A ausência de Albiol daria espaço para o português escalar a equipe mais ofensivamente, com Pepe, que atuou como volante no empate por 1 a 1 diante do Barcelona, no último sábado, na defesa e a volta de Ozil para o meio de campo, ao lado de Khedira, Xabi Alonso e Di Maria.

Esta opção, no entanto, parece pouco provável depois da escalação madrilenha no último clássico. O jeito defensivo como colocou o time para jogar rendeu a Mourinho críticas da torcida e de ídolos do clube, como Di Stéfano, que afirmou que a equipe jogou como um “rato”.

Se optar novamente por uma formação cautelosa, o treinador teria algumas alternativas. A principal delas seria a entrada de Lassana Diarra como volante, com Pepe sendo recuado, mas o francês ainda sente um problema no quadril e é dúvida para o confronto.

ENTREVISTA COLETIVA – Independentemente dos resultados alcançados pelo Real Madrid, José Mourinho tem tido problemas com a imprensa espanhola. Depois de se recusar a dar entrevistas, o treinador esteve na sala de imprensa na última sexta, mas não respondeu nenhuma pergunta dos jornalistas, que, revoltados, deixaram o local.

Para amenizar a situação, o clube informou nesta segunda que o treinador estará na sala de imprensa após o treino nesta terça, em Valência, local da decisão. Resta saber se ele decidirá falar ou não.