A assessoria de imprensa da chefia de Polícia Civil informou que o exame feito no motorista da Ferrari amarela que atropelou três pessoas no Aterro do Flamengo, no início da tarde deste domingo, no Rio, não apontou presença de álcool no organismo. Ele foi submetido ao exame no Instituto Médico Legal (IML), após o acidente ocorrido ao final de um evento promocional que contou com uma exibição do piloto Felipe Massa.

Segundo a Polícia Civil, em depoimento à delegada de plantão da 13ª DP (Ipanema), Fernanda Marchesi, o motorista, que não teve a identidade revelada, disse que não teve tempo de frear ao se deparar com grades de proteção da pista, depois de fazer uma curva. Ele foi autuado por lesão corporal de trânsito e será liberado ainda neste domingo pela polícia.

Um dos feridos foi atendido por bombeiros ainda no local do acidente e liberado em seguida. Outros dois foram levados para o Hospital Municipal Souza Aguiar: uma mulher, com fratura em uma das pernas, e um homem, com ferimentos leves.

O acidente com o carro de passeio aconteceu já no final do evento. Antes, Massa pilotou um carro da equipe Ferrari em um traçado de quase três quilômetros que foi improvisado no Aterro do Flamengo. A presença do astro brasileiro da Fórmula 1, uma semana antes da abertura do campeonato de 2013 da categoria, atraiu milhares de pessoas ao local.