O ex-ginasta ucraniano Boris Shakhlin morreu neste domingo (1º), aos 76 anos, vítima de um ataque cardíaco. Ele conquistou 13 medalhas em três edições dos Jogos Olímpicos, competindo pela extinta União Soviética: sete de ouro, quatro de prata e duas de bronze. Em Melbourne/1956, Shakhlin ganhou ouro na prova por equipes e no cavalo com alças. Quatro anos depois, em Roma, venceu no individual geral e em três aparelhos e ainda conquistou uma prata.

Em Tóquio/1964, ganhou ouro na barra fixa, prata por equipes e no individual geral e bronze nas argolas. "A morte de Shaklin representa o fim de um capítulo glorioso da ginástica internacional. Ele foi um grande símbolo como ginasta, e a essência da simplicidade como homem", elogiou o presidente da Federação Internacional de Ginástica (FIG), Bruno Grandi.