Recuperado da contusão muscular na coxa esquerda, sofrida no dia 4 de maio, o meia argentino Montillo treinou com bola nesta terça-feira, no CT Rei Pelé. Mesmo assim, ele não deve defender o Santos no jogo desta quarta, contra o Joinville, na Vila Belmiro, pela segunda fase da Copa do Brasil.

Por conta da lesão muscular sofrida na semifinal contra o Mogi Mirim, Montillo não pôde enfrentar o Corinthians nos dois jogos da final do Paulistão, quando o Santos ficou com o vice-campeonato. Ele voltou a treinar na segunda-feira, mas sem forçar muito o ritmo. Assim, não deve jogar com o Joinville.

Além de Montillo, outro que não deve jogar nesta quarta-feira é o atacante André, que está negociando sua saída do Santos – o Vasco acerta os últimos detalhes da contratação por empréstimo. Ele também treinou normalmente nesta terça, mas a tendência é que seja poupado pelo técnico Muricy Ramalho.

Recém-contratado, o atacante Henrique treinou normalmente com os novos companheiros nesta terça-feira, no CT Rei Pelé, e já teve sua inscrição regularizada na CBF. Assim, pode ser uma opção para Muricy no jogo contra o Joinville – ficaria na reserva do argentino Miralles.

Destaque do Mogi Mirim durante o Paulistão, quando marcou oito gols, Henrique já se colocou à disposição de Muricy para estrear nesta quarta-feira. E passou suas referências para a torcida santista. “Procuro ficar mais centralizado, como homem de referência. Essa é minha maneira de atuar”, explicou.

Assim, a provável escalação do Santos para enfrentar o Joinville tem Rafael; Bruno Peres, Edu Dracena, Durval e Léo; Renê Júnior, Arouca, Cícero e Felipe Anderson; Miralles e Neymar.