Com um gol marcado aos 40 minutos do segundo tempo, o Milan venceu o Cagliari por 1 a 0, nesta quinta-feira, fora de casa, e se garantiu na liderança isolada do Campeonato Italiano. A vitória levou o time aos 39 pontos, cinco à frente da Lazio, que assumiu a vice-liderança provisória ao empatar por 0 a 0 com o Genoa, também longe de seus domínios.

O gol do Milan foi construído em uma bela jogada iniciada por Robinho. O atacante brasileiro recebeu pelo meio e tocou de calcanhar para o estreante Cassano, que deu passe preciso para Strasser chutar com categoria na saída do goleiro adversário. A derrota manteve o Cagliari com 15 pontos, na 15.ª posição, ainda próximo da zona do rebaixamento.

O jogo desta quinta foi o primeiro do Milan depois de Ronaldinho Gaúcho deixar o clube para negociar a sua volta ao futebol brasileiro, no qual ele atuará em um time que poderá ser revelado nas próximas horas. Alexandre Pato, por sua vez, retornou à equipe de Milão após se recuperar de uma lesão muscular. Já Cassano brilhou em sua primeira oportunidade no Milan, que o contratou junto à Sampdoria.

Com 33 pontos ganhos, o Napoli fechará a 18.ª rodada contra a Inter de Milão ainda nesta quinta, fora de casa, onde tentará recuperar a vice-liderança perdida para a Lazio, do brasileiro Hernanes.

Outro time que se destacou nesta quinta no Italiano foi a Roma, que venceu o Catania por 4 a 2, em casa, e assumiu a quarta colocação da tabela, com 32 pontos, ultrapassando a Juventus, que permaneceu com 31 ao ser goleada por 4 a 1 pelo Parma, em Turim, no duelo que abriu a rodada. Borriello e Vucinic, com dois gols cada um, foram os destaques da equipe romana.

O Palermo também brilhou nesta quinta ao bater a Sampdoria por 3 a 0, em casa, e ficar na sexta posição da tabela, com 30 pontos, enquanto seu rival é o nono colocado, com 23.

Os outros resultados desta quinta foram os seguintes: Bologna 1 x 1 Fiorentina, Brescia 1 x 2 Cesena, Lecce 0 x 1 Bari e Udinese 2 x 0 Chievo.