O Milan informou nesta quarta-feira que Alexandre Pato finalmente conseguiu se recuperar por completo das numerosas lesões musculares que o afetaram na temporada passada do futebol europeu, que acabou de terminar. O atacante brasileiro ficou fora da maior parte do último Campeonato Italiano e se machucou pela última vez no dia 13 de abril, no jogo de volta das quartas de final da Liga dos Campeões, contra o Barcelona.

“Novas avaliações médicas e exames de ressonâncias magnéticas evidenciaram que o jogador está curado”, anunciou o clube por meio de um comunicado publicado em seu site oficial.

Diante do Barcelona, que acabou eliminado o Milan da Liga dos Campeões, Pato sofreu uma lesão muscular de primeiro e segundo grau no tendão da sua coxa esquerda. Na ocasião, ele atuou durante apenas 14 minutos, no duelo realizado na Espanha, antes de voltar a se machucar.

Essa foi a 14.ª lesão muscular sofrida por Pato nos últimos 25 meses, sendo que o atacante só disputou 11 partidas no último Campeonato Italiano. Por causa das seguidas lesões, ele chegou a viajar aos Estados Unidos para ser submetido a exames médicos mais detalhados e para ser avaliado por especialistas neste tipo de lesão.

No último dia 11, Pato foi convocado por Mano Menezes para defender a seleção brasileira nos amistosos que disputará contra Dinamarca, Estados Unidos, México e Argentina. O primeiro deles, diante dos dinamarqueses, será neste sábado, em Hamburgo, na Alemanha. Com apenas 22 anos de idade, o atleta do Milan é nome certo na lista final de jogadores que o treinador irá convocar para a Olimpíada de Londres, caso não volte a ser atrapalhado por lesões.