enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Messias chegou, mas com cinco quilos acima do peso

  • Por Irapitan Costa
Messias é mais um reforço apresentado
pela diretoria tricolor. Antes de
assinar precisa emagrecer.

O Paraná Clube quer esquecer os equívocos cometidos ao longo de todo o primeiro turno do Brasileirão. Na penúltima colocação, o clube apresentou o primeiro reforço para o returno. O volante Messias, porém, só assinará contrato após um período de readaptação física. Como sua fama o precede, a diretoria quer ter certeza de que poderá contar com o jogador, que ao longo de sua carreira sempre lutou contra a balança. Desta vez, o primeiro desafio de Messias será perder 5 kg num curto espaço de tempo.

“Acredito que estarei à disposição da comissão técnica para a terceira rodada, contra o Flamengo”, afirmou o volante. Messias passou pelos exames clínicos e já começou a trabalhar com o preparador físico William Hauptman. “Agora, é dedicação total, até mesmo neste fim de semana, para entrar em forma e aproveitar essa chance”. O vice de futebol José Domingos confirmou que Messias aceitou todas as imposições feitas pela diretoria e por Gilson Kleina.

“Temos conhecimento de seu histórico e expusemos tudo isso na reunião. Tecnicamente, trata-se de um bom jogador e como ele nos demonstrou que está com muita vontade, vamos esperar que ele entre em forma o quanto antes”, disse. Messias Conceição dos Santos, 26 anos, é baiano de Cruz das Almas. Com passagens por Prudentópolis, Coritiba, São Caetano, Flamengo e Racing Santander (Espanha), o último clube do volante foi o Fortaleza, no ano passado. “Vinha apenas treinando e realizando amistosos pelo Prudentópolis”, disse Messias, que recentemente enfrentou Coritiba e Atlético em jogos-treinos.

Messias sabe que o momento delicado do clube no campeonato não permite que venha “apenas para ajudar”. “Sei que o Paraná precisa de jogadores que venham para resolver”, comentou. O jogador, porém, é apenas o primeiro reforço para o returno.

O Paraná deve acertar até o início da próxima semana pelo menos mais três jogadores, um meia-ofensivo e dois atacantes. Os nomes são mantidos em sigilo, mas a meta é trazer atletas que estejam em clubes das séries A ou B. “O caso do Messias é isolado. Outros reforços terão que chegar prontos para nos ajudar nessa fuga das últimas colocações”, assegurou José Domingos. Novos registros podem ocorrer até 17 de setembro, mas o objetivo da diretoria é trazer mais cinco jogadores até a semana que vem e então “fechar” o grupo com eventuais dispensas.

Cabeça, a principal “jogada”

O técnico Gilson Kleina procurou trabalhar todos os fundamentos em que o Tricolor vem pecando nas últimas jornadas. Por aproximadamente 15 minutos “fez a cabeça” dos atletas, preocupado com o visível abatimento de um grupo que há três semanas só convive com derrotas. Depois, foi a vez de trabalhar cruzamentos e finalizações, para só então posicionar a equipe que encara o Santos, amanhã, às 18h, na Vila Belmiro.

Sem Marcelo e Axel, suspensos, e tendo a volta de Beto, Kleina não mexe na estrutura tática do time. Mas, procurou armar um meio-de-campo versátil, com Fernando na condição de segundo-volante. Quem saiu do time foi João Vítor. Na lateral-direita, Cláudio terá nova oportunidade. A única dúvida está na zaga, pois durante o treino técnico, Fernando Lombardi levou uma “pancada” nas costas e teve que sair de campo. Nelinho entrou no seu lugar, mas Lombardi deve ser liberado pelo departamento médico hoje pela manhã.

O atacante Sinval, mais uma vez isolado à frente, mostrou bom humor para analisar a situação do clube. “É como aquele cara feio, que vai ao baile onde só tem mulher bonita. Não dá para ficar esperando aparecer uma feia. Tem que puxar uma pra dançar”, disparou.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas