No confronto entre primeiro e segundo colocados da Conferência Leste da NBA, o Chicago Bulls enfrentou o Miami Heat na noite da última quarta-feira sem seu principal jogador, o armador Derrick Rose, com uma lesão na virilha. Mesmo assim, a equipe conseguiu vencer o poderoso adversário em casa por 106 a 102, mantendo-se na liderança e com a melhor campanha da liga, com 36 vitórias e nove derrotas.

Sem Rose, o Bulls contou com uma ótima atuação de seu segundo reserva na armação. John Lucas entrou saiu do banco para anotar 24 pontos e ser o cestinha da equipe, que ainda teve outros cinco jogadores ultrapassando os dez pontos: C.J. Watson, Ronnie Brewer, Joakim Noah, Luol Deng e Kyle Korver.

LeBron James e Dwyane Wade também se destacaram, com 35 e 36 pontos, respectivamente, mas não foi o suficiente para dar a vitória ao Heat. O time da Flórida chegou a estar perdendo por 17 pontos no terceiro quarto, conseguiu a reação no final, mas acabou esbarrando na ótima atuação de John Lucas.

Na primeira partida depois da demissão do técnico Mike D’Antoni, o New York Knicks deu sinais de reação e atropelou o Portland Trail Blazer, em casa, por 121 a 79, acabando com uma sequência de seis derrotas consecutivas. Sob o comando do interino Mike Woodson, a equipe conseguiu sua 19.ª vitória na temporada, igualando-se ao Milwaukee Bucks, na oitava colocação do Leste.

O cestinha da partida foi J.R. Smith, com 23 pontos, sendo 21 em bolas de três, mas Steve Novak, com 20 pontos, Amare Stoudemire, com 17, Carmelo Anthony e Iman Shumpert, com 16, também apareceram bem. Já Jeremy Lin voltou a ser discreto, com apenas seis pontos e seis assistências. Pelo lado do Blazers, que vê as chances de ir aos playoffs cada vez mais longe, Gerald Wallace foi o destaque, com 15 pontos e 12 rebotes.

Depois de jogar duas prorrogações para vencer o Memphis Grizzlies na terça-feira, o Los Angeles Lakers voltou a precisar do tempo extra para conseguir uma vitória, desta vez diante do New Orleans Hornets, por 107 a 101, fora de casa. Kobe Bryant, com 33 pontos foi o cestinha da partida, mas Andrew Bynum voltou a se destacar, com 25 pontos e 18 rebotes.

Em outra partida da última quarta, o San Antonio Spurs contou novamente com grande atuação do armador Tony Parker para vencer o Orlando Magic, em casa, por 122 a 111. O francês anotou 31 pontos e 12 assistências, e teve grande colaboração do veterano Tim Duncan, que também conseguiu um “double-double”, com 21 pontos e 13 rebotes. Tiago Splitter foi bem e marcou 12 pontos, além de seis rebotes, nos 18 minutos que esteve em quadra.

O outro brasileiro que esteve em quadra na noite foi Leandrinho, que anotou 11 pontos e quatro rebotes, mas não impediu a derrota de seu Toronto Raptors para o New Jersey Nets, que não contou com Deron Williams, por 98 a 84. Gerald Green foi o cestinha do jogo, com 26 pontos.

Confira os resultados de quarta-feira na NBA:

Indiana Pacers 111 x 94 Philadelphia 76ers

New Jersey Nets 98 x 84 Toronto Raptors

New York Knicks 121 x 79 Portland Trail Blazers

New Orleans Hornets 101 x 107 Los Angeles Lakers

Houston Rockets 107 x 87 Charlotte Bobcats

Milwaukee Bucks 115 x 105 Cleveland Cavaliers

San Antonio Spurs 122 x 111 Orlando Magic

Chicago Bulls 106 x 102 Miami Heat

Sacramento Kings 112 x 124 Detroit Pistons

Golden State Warriors 103 x 105 Boston Celtics

Los Angeles Clippers 96 x 82 Atlanta Hawks

Phoenix Suns 120 x 111 Utah Jazz

Veja as partidas desta quinta-feira na NBA:

New Orleans Hornets x Washington Wizards

Dallas Mavericks x Charlotte Bobcats

Denver Nuggets x Oklahoma City Thunder

Utah Jazz x Minnesota Timberwolves

Los Angeles Clippers x Phoenix Suns