Marcelo Melo, número 1 do mundo do ranking de duplas, esteve perto de sofrer sua primeira derrota em quase dois meses, nesta segunda-feira. Mas o brasileiro e o croata Ivan Dodig salvaram dois match points na estreia no ATP Finals antes de vencerem, de virada, os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 7/6 (7/4) e 10/7, em Londres.

Melo e Dodig estiveram muito perto da derrota no fim da segunda parcial, quando Herbert sacava para fechar. O francês, contudo, não aguentou a pressão e cometeu duas duplas faltas em sequência. Com os erros, a dupla do brasileiro devolveu a quebra e empatou o set. Em seguida, venceu o tie-break e forçou a disputa do super tie-break.

No momento mais decisivo do jogo, Melo e Dodig cresceram em quadra e abriram 5/2. Os franceses se aproximaram no placar. Até que brasileiro e croata foram mais efetivos em suas chances e decretaram a vitória no primeiro match point, após 1h30min de partida na quadra dura da Arena O2.

Com o triunfo, Melo ampliou sua série invicta para 17 jogos. Ele não perde há quase dois meses. O último revés aconteceu na Copa Davis, no dia 19 de setembro. Curiosamente, seu parceiro Ivan Dodig foi um dos responsáveis pela derrota ao defender a Croácia contra o Brasil, em duelo em Florianópolis.

Desde aquele revés, Melo faturou quatro títulos em sequência, dois deles de nível Masters 1000, o segundo maior na hierarquia do circuito masculino – só perde para os Grand Slams. Em Londres, ele pretende coroar a grande temporada com o troféu inédito do ATP Finals.

Na sequência da chave batizada de Grupo Fleming/McEnroe, Melo e Dodig vão enfrentar o holandês Jean-Julien Rojer e o romeno Horia Tecau, na quarta-feira.