As boas campanhas do brasileiro Marcelo Nelo e do croata Ivan Dodig enfim se transformaram em título. Neste domingo, eles se sagraram campeões do Masters 1000 de Xangai, na China, ao derrotarem na decisão os espanhóis David Marrero e Fernando Verdasco por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/2), 6/7 (6/8) e 10/2, em 1 hora e 43 minutos.

No primeiro set, Melo e Dodig precisaram salvar quatro break points e levaram a disputa para o tie-break. Eles, então, venceram os seis primeiros pontos e garantiram a vitória por 7/2. Assim como na primeira parcial, o segundo set não teve quebras de serviço e foi definido novamente no tie-break. Dessa vez, porém, os espanhóis se deram melhor após abrirem 5/0.

Assim, a definição da final de duplas do Masters 1000 de Xangai seguiu para o match tie-break. Superiores, Melo e Dodig triunfaram com facilidade por 10/2 e garantiram o título. “É ótimo”, disse Melo. “Algumas partidas difíceis, contra Roger no primeiro jogo, os Bryan. Estamos felizes em vencer aqui em Xangai”.

Juntos desde o ano passado, Melo e Dodig foram vice-campeões de Wimbledon e semifinalistas do US Open em 2013, mas ainda não haviam sido campeões juntos. A conquista, então, veio com uma campanha brilhante, marcada pela vitória sobre os irmãos Bob e Mike Bryan nas semifinais. Antes, eles já haviam superado a dupla cabeça de chave número 4, formada por Aisam Qureshi e Julien Rojer, e também o suíço Roger Federer, que jogou ao lado do chinês Ze Zhang.

O título deste domingo foi o 12º na carreira de Melo. Nesta temporada, ao lado do espanhol Tommy Robredo, ele foi campeão do Torneio de Brisbane, em janeiro. Já Dodig faturou pela primeira vez um título de duplas.

A conquista também deixou Melo e Dodig muito próximos da classificação para o ATP Finals, torneio que reunirá as oito melhores duplas da temporada em Londres a partir do dia 4 de novembro. Assim, é praticamente certo que o Brasil terá dois representantes na competição, pois Bruno Soares, parceiro do austríaco Alexander Peya, já está classificado.