Confirmando o favoritismo disparado que tinham para este confronto, Marcelo Melo e Marcelo Demoliner venceram Nick Hardt e José Olivares por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, em apenas uma hora de partida, neste sábado, fora de casa, em Santo Domingo, e deixaram o Brasil em vantagem de 2 a 1 na série melhor de cinco duelos do confronto diante da República Dominicana pelo Zonal Americano I da Copa Davis.

Contando hoje com Melo como o duplista número 1 do mundo, a parceria do País só teve um pouco mais de dificuldades no segundo set do confronto realizado na quadra dura que abriga este embate entre os dois países no Club Deportivo Naco.

Na última sexta-feira, quando abriram esta série decisiva, os dominicanos saíram na frente com José Hernández superando João Pedro Sorgi. Em seguida, porém, Thiago Monteiro deixou tudo igual para o Brasil ao bater Roberto Cid.

Na partida de duplas deste sábado, Melo e Demoliner aproveitaram três de oito chances de quebrar o saque de Hardt e Olivares, que converteram um único break point cedido pelos brasileiros em todo o duelo. Assim, os favoritos encaminharam o triunfo com tranquilidade.

E a definição da vaga na próxima fase do Zonal Americano da Davis está prevista para ocorrer ainda na noite deste sábado, com Thiago Monteiro tendo chance de dar a vitória ao Brasil em partida diante de José Hernández. Caso o brasileiro não consiga vencer, João Pedro Sorgi enfrentará o anfitrião Roberto Cid em jogo que valeria a classificação à próxima fase do Zonal, que terá a Colômbia como adversária dos vencedores deste embate em Santo Domingo.