Na luta contra o rebaixamento, Boa e Atlético Goianiense empataram por 2 a 2, neste sábado, no estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG), pela 20.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Mesmo com o placar igualado, os dois times alternaram bons momentos em campo, mas o clube goiano dominou o segundo tempo. Jogando melhor, conseguiu se manter fora da zona de rebaixamento, com 24 pontos, enquanto que a equipe mineira chegou aos 23 e está agora na 17.ª posição.

Os times alternaram boas chances desde o apito inicial do árbitro. Aos 28 minutos, em uma jogada individual, Chapinha levou a bola para a linha de fundo e cruzou firme para a grande área. Próximo à marca do pênalti, Felipe Alves subiu sozinho e tocou de cabeça no canto do goleiro Marcos.

Pouco tempo depois, o zagueiro Wallace derrubou Júnior Viçosa próximo à grande área e o árbitro assinalou falta. Na cobrança, Arthur bateu forte, viu a barreira abrir, acertou o canto direito do goleiro Andrey e empatou.

Dois minutos depois, porém, Felipe Alves acertou uma boa jogada na esquerda, deixou a marcação para trás e cruzou rasteiro para a pequena área. Tadeu contou com uma falha do goleiro Marcos e apareceu sozinho para colocar o Boa novamente em vantagem. Até o fim da primeira etapa, o Atlético tentou igualar novamente o marcador, mas sem sucesso.

E o segundo tempo não foi muito diferente. O time goiano seguiu pressionando o Boa, mas perdeu diversas chances de igualar o placar. Atento com o bom momento do time em campo, o técnico Gilberto Pereira chegou a tirar o volante Feijão para a entrada do atacante Geraldo, no famoso “tudo ou nada”.

No final do jogo, aos 37 minutos, Artur recebeu um lindo cruzamento na entrada da grande área e cabeceou bem no contrapé, no ângulo do goleiro Andrey. Antes do apito final, Clébson desperdiçou uma chance na pequena área para dar a vitória ao Boa.

Os times só voltam a campo no próximo sábado, na 21.ª rodada da Série B. O Atlético recebe o Ceará, às 16h30, mesmo horário em que o Boa viaja para Pernambuco para enfrentar o Náutico.

FICHA TÉCNICA

BOA 2 x 2 ATLÉTICO-GO

BOA – Andrey; Moacir, Raphael Silva, Wallace e Pirão; Gabriel Dias, Alê, Chapinha (Léo Baiano) e Clébson; Felipe Alves (Bruno Felipe) e Tadeu. Técnico: Nedo Xavier.

ATLÉTICO-GO – Marcos; Bruno Moura, Rafael, Samuel e Danilo Tarracha; Feijão (Geraldo), Pedro Bambu e Jorginho; Willie (Washington), Arthur e Júnior Viçosa (Wéverton Gomes). Técnico: Gilberto Pereira.

GOLS – Felipe Alves, aos 28, Arthur, aos 31, e Tadeu, aos 34 minutos do primeiro tempo; Arthur, aos 37 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Léo Baiano (Boa); Jorginho, Pedro Bambu e Arthur (Atlético-GO).

ÁRBITRO – Nielson Nogueira Dias (PE).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio do Dilzon Melo, em Varginha (MG).