O meia Danilo Pereira, do Porto, sofreu um rompimento parcial do tendão de Aquiles e será submetido a uma cirurgia na quinta-feira, informou o clube nesta quarta. Assim, o jogador deverá desfalcar a seleção portuguesa na Copa do Mundo de 2018, que começará no próximo dia 14 de junho, na Rússia, tendo em vista o fato de que o tempo mínimo de afastamento para o tratamento deste tipo de lesão é de cerca de três meses.

O jogador de 26 anos se lesionou pouco depois de voltar aos gramados após ter se recuperado de uma lesão muscular, sofrida no final de janeiro. Por causa do problema, ele ficou fora da lista de convocados pelo técnico Fernando Santos para os amistosos que Portugal fez contra o Egito, no dia 23 de março, em Zurique, e Holanda, no dia 26, em Genebra, que serviram de preparação ao Mundial.

Quando anunciou a convocação para estes dois confrontos, por sinal, o treinador havia adiantado que Danilo era um dos nomes tidos como certos da lista final de chamados para a Copa de 2018. Porém, o atleta que vinha sendo convocado com frequência como uma alternativa a William Carvalho, hoje titular do meio-campo da seleção, agora praticamente deu adeus às chances de jogar a Copa na Rússia.

Na última segunda-feira, Danilo atuou pelo Porto nos 20 minutos finais da derrota por 2 a 0 para o Belenenses, fora de casa, pelo Campeonato Português, no qual a equipe caiu para a vice-liderança. O novo líder é o Benfica, que assumiu a primeira posição ao superar o Vitória de Guimarães, também por 2 a 0, no último domingo.

A seleção portuguesa integra o Grupo B da Copa de 2018, que também conta com Espanha, Marrocos e Irã. A estreia na competição da equipe de Cristiano Ronaldo será no dia 15 de junho, contra os espanhóis, na cidade de Sochi.