A organização do Pipe Masters decidiu adiar a estreia da competição por mais um dia, por causa das condições ruins na praia de Pipeline. As triagens para definir dois dos havaianos que vão cair na chave de Gabriel Medina e Mick Fanning ficaram para terça-feira. A previsão para a semana é de boas ondas para a famosa praia havaiana.

A triagem com 32 surfistas havaianos foi uma forma encontrada pela ASP (Associação dos Surfistas Profissionais) de amenizar a tensão no North Shore, porque em outros anos oito ou até 16 locais entravam diretamente na primeira rodada do Pipe Masters. Agora, com apenas duas vagas – igual a qualquer outra etapa da elite do Circuito Mundial de Surfe -, os havaianos vão tentar um lugar no torneio e disputar US$ 100 mil em premiação.

A chave de Gabriel Medina terá o australiano Dion Atkinson e mais um havaiano que sair dessa fase qualificatória. Antes, na primeira divulgação da ASP, o rival seria o espanhol Aritz Aranburu, mas houve uma mudança e ele agora vai encarar Mick Fanning. Os dois ainda terão um outro rival vindo das triagens.

Outro que concorre ao título mundial, o norte-americano Kelly Slater, já sabe quais serão seus adversários na primeira rodada: o australiano Adam Melling e o havaiano Dusty Paine, que assumiu o lugar de Taj Burrow, ausente da disputa por lesão. Quem também está fora do Pipe Masters é o brasileiro Adriano de Souza, também contundido. Nesta terça às 7h horário local (15h de Brasília) haverá nova avaliação para saber se o campeonato poderá iniciar.