A atualização desta segunda-feira do ranking mundial do judô, realizada após a disputa do Grand Slam de Paris, apresenta cinco lutadores brasileiros entre os dez melhores das suas respectivas categorias, com destaque para Sarah Menezes, agora a terceira colocada entre as judocas com até 48kg.

Com um bom início de temporada, que incluiu a conquista da medalha de ouro em Havana, Sarah foi medalhista de bronze no último fim de semana em Paris e subiu cinco posições, atingindo o terceiro lugar da lista, com 17.022 pontos. A posição de Sarah é a mesma de Erika Miranda entre as meio-leves (até 52kg), mesmo que ela ainda não tenha competido em 2016.

Campeã no Grand Slam de Paris no último domingo, Mayra Aguiar subiu três posições e agora ocupa a sexta posição no meio-pesado. Medalhista nos dois eventos em participou neste ano, incluindo o bronze no Grand Slam de Paris, Rafaela Silva subiu quatro posições e agora está na décima colocação no peso leve (até 57kg).

Medalhista de bronze em Paris, Victor Penalber é o único brasileiro entre os dez melhores do mundo, em quarto lugar entre judocas com até 81kg. Já David Moura subiu para o 11º lugar após ser bronze em Paris – antes, foi campeão em Sofia – no peso pesado.

OUTRAS CATEGORIAS – Mariana Silva, em 19º lugar, é a melhor brasileira na categoria até 63kg. A posição é a mesma de Maria Portela entre as judocas com até 70kg. No peso pesado (mais de 78kg), Rochelle Nunes, na 16ª posição, é a mais bem colocada do País.

Eric Takabatake é o 12º na categoria até 60kg, logo à frente de Felipe Kitadai. Já Luciano Correa é o 18º no meio-pesado (até 100kg). Alex Pombo é o 23º entre lutadores de até 73kg, enquanto Charles Chibana está em 24º entre os judocas até 66kg, mesma colocação de Tiago Camilo na categoria até 90kg.