A Ferrari é considerada favorita para o GP da Itália, no próximo dia 9, mas a McLaren voltou a mostrar nesta quarta-feira (29) que não estará para brincadeiras em Monza: no segundo dia de testes no circuito italiano, marcou novamente o melhor tempo, desta vez com Fernando Alonso. Lewis Hamilton, o líder do Mundial de Pilotos, foi o segundo, e a Ferrari ficou apenas com o quinto tempo, com Kimi Raikkonen.

A McLaren foi a única equipe a treinar com dois pilotos nesta quarta-feira, embora eles não tenham entrado na pista simultaneamente – estratégia usada pelas equipes por conta da limitação de quilometragem para testes imposta pela FIA para a temporada. Alonso e Hamilton deram 49 voltas cada um, e o espanhol marcou 1min23s155 na mais rápida, três décimos à frente do inglês. Nick Heidfeld, da BMW, fez o terceiro melhor tempo, seguido por Jarno Trullo, da Toyota. Os testes acabam amanhã.

Os melhores tempos de hoje:
1.º Fernando Alonso (ESP/McLaren) – 1min23s155 (49 voltas)
2.º Lewis Hamilton (ING/McLaren) – 1min23s454 (49)
3.º Nick Heidfeld (ALE/BMW-Sauber) – 1min23s725 (84)
4.º Jarno Trulli (ITA/Toyota) – 1min23s759 (61)
5.º Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) – 1min23s773 (59)
6.º Heikki Kovalainen (FIN/Renault) – 1min24s093 (51)
7.º Sebastian Vettel (ALE/Toro Rosso) – 1min24s266 (101)
8.º Alex Wurz (AUT/Williams) – 1min24s356 (70)
9.º Christian Klien (AUT/Honda) – 1min24s595 (92)
10.º Mark Webber (AUS/Red Bull) – 1min24s701 (83)
11.º Takuma Sato (JPN/Super Aguri) – 1min24s976 (80)
12.º Adrian Sutil (ALE/Spyker) – 1min25s278 (76)