Em uma partida emocionante e com emoção até os últimos minutos, o Boa conseguiu uma importante vitória sobre o Atlético-PR, por 2 a 1, de virada, no Estádio Dilzon Melo, nesta terça-feira à noite, pela terceira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O herói da partida foi justamente o goleiro Max, que defendeu um pênalti cobrado por Alan Bahia aos 42 minutos do segundo tempo.

Com esse resultado, time mineiro manteve a invencibilidade e chegou aos cinco pontos, aparecendo na quinta colocação. Por outro lado, o Atlético ficou estacionado nos três pontos e caiu para o décimo lugar. O time paranaense tem um jogo a menos, já que o confronto contra o Ipatinga, pela segunda rodada, foi adiado devido a sua participação na Copa do Brasil.

O Boa iniciou a partida um pouco melhor que o Atlético-PR, que abusava dos chutões em busca do atacante. Apesar de maior posse de bola dos mineiros, foram os paranaenses que criaram as principais chances no ataque. O Atlético abriria o placar aos 32 minutos. Após cobrança de escanteio, Bruno Mineiro subiu entre os zagueiros e mandou, de cabeça, para o fundo das redes.

Atrás do marcador, o Boa não demorou muito para chegar ao empate na volta do intervalo. Após receber grande lançamento, Jajá invadiu a área e tocou por baixo das pernas de Rodolfo, deixando tudo igual aos 11 minutos. Depois disso, o jogo caiu de

produção, mas voltou a ter emoção no final. Aos 38 minutos, Vanger bateu para boa defesa de Rodolfo. No entanto, Francismar ficou com o rebote e completou.

Dois minutos depois, Max derrubou Edigar Júnior dentro da área, numa falta aparentemente desnecessária, e o árbitro assinalou pênalti para o time paranaense. Alan Bahia bateu fraco e o goleiro se redimiu ao defender, garantindo os três pontos para o time mineiro.

O Boa volta a campo no próximo sábado, contra o ASA, às 16h20, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca. Já o Atlético-PR recebe o Grêmio Barueri na sexta-feira, às 21 horas, no Estádio da Vila Capanema, em Curitiba.

FICHA TÉCNICA:

BOA 2 X 1 ATLÉTICO-PR

BOA – Max; Maicon, Gabriel, Welton Felipe e Radar; Claudinei, Radamés, Jajá (Francismar) e Vanger; Gabriel Davis (Petrus) e Marcelo Macedo (Billy). Técnico – Sidney Moraes.

ATLÉTICO-PR – Rodolfo; Gabriel Marques, Manoel, Cleberson e Zezinho; Deivid, Alan Bahia, Ligüera (Harrison) e Lucas Sotero; Fernandão (Tiago Adan) e Bruno Mineiro (Edigar Júnior). Técnico – Juan Ramon Carrasco.

GOLS – Bruno Mineiro, aos 32 minutos do primeiro tempo; Jajá, aos 11, e Francismar, aos 38 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Devarly Lira do Rosário (ES).

CARTÕES AMARELOS – Welton Felipe e Marcelo Macedo (Boa Esporte); Lucas Sotero e Tiago Adan (Atlético-PR).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG).