O piloto Felipe Massa afirmou nesta segunda-feira (27) que, se perder o título do Mundial de Fórmula 1, não vai colocar a culpa nos erros da Ferrari. Durante o campeonato, a equipe notabilizou-se por falhas que custaram preciosos pontos ao brasileiro.

“Somos uma equipe. Não vou ficar apontando o dedo para ninguém. Todos têm o direito de cometer erros. Nós ganhamos juntos e perdemos juntos”, afirmou o piloto. O erro mais famoso da Ferrari na temporada aconteceu no GP de Cingapura, quando – por falha humana – Massa foi liberado para sair dos boxes antes do fim do reabastecimento, levando consigo a mangueira que colocava combustível no carro.

Outro problema, desta vez mecânico, aconteceu durante o GP da Hungria. O brasileiro liderava com tranqüilidade a três voltas do fim, quando teve um problema no motor e abandonou a prova.

“Essas coisas acontecem no esporte. Nossa equipe trabalha duro noite e dia para ficar 100 por cento pronta, mas às vezes as coisas não acontecem como planejado”, afirmou o piloto.

Felipe Massa chega a Interlagos na segunda colocação do Mundial, com 87 pontos contra 94 de Lewis Hamilton. Para ser campeão, ele precisa somar sete pontos a mais que o rival – tem de vencer com o inglês no máximo em sexto, ou ser segundo com o adversário em oitavo.