O brasileiro Felipe Massa afirmou após o GP do Japão que ignorou uma ordem da Ferrari de ceder a sua posição no início da prova ao espanhol Fernando Alonso, seu companheiro de equipe, que ainda tem chances, mesmo que irrisórias, de conquistar o título da temporada 2013 da Fórmula 1. No momento da ordem, Massa estava na quinta colocação e se defendeu das tentativas de ultrapassagem do espanhol.

“A ordem de eu deixar Alonso me passar veio bem antes de ele me ultrapassar na pista”, disse. “Você nunca fica contente com uma instrução dessas. Sempre que elas vem nós discutimos”, completou Massa, que acabou perdendo a posição para o espanhol posteriormente, durante a parada nos boxes.

A passagem nos boxes, aliás, afetou diretamente o resultado de Massa no GP do Japão. O piloto brasileiro excedeu o limite de velocidade e acabou recebendo um drive-through da direção de prova. Ele explicou o que provocou o seu erro.

“A aderência na entrada dos boxes é baixa, eu cheguei rápido, freei forte, mas o carro não reduziu tanto a velocidade. Uma pena esse drive-through, estragou a minha corrida. Essas coisas acontecem”, afirmou.

Nas últimas voltas do GP do Japão, Massa ainda foi ultrapassado pelo alemão Nico Rosberg, da Mercedes, e o inglês Jenson Button, da McLaren. Assim, ele terminou a prova no circuito de Suzuka apenas em décimo lugar e chegou aos 90 pontos, na sétima colocação no Mundial de Pilotos.