A final desta quinta-feira terá um gostinho especial para o técnico do Coritiba Marquinhos Santos.

O atual comandante alviverde trabalhou durante alguns anos no rival Atlético, mas recentemente recebeu uma proposta do Alviverde e decidiu trocar de “casa”.

Após a saída do Atlético, Santos reclamou que a política do Furacão é voltada para venda de jogadores e não para revelação. A notícia desagradou os dirigentes atleticanos, que ficaram na bronca com o ex-treinador do time júnior.

Uma vantagem para o Coritiba é que Marquinhos conhece praticamente todos jogadores do atual elenco atleticano, já que trabalhou com a grande maioria na sua passagem pela Baixada.

Melhor campanha de Santos foi em 2009, quando levou o Atlético a final contra o Corinthians, mas acabou em segundo lugar na Copa São Paulo de Juniores.