Dois dias antes de o Cruzeiro fazer o seu último jogo como mandante neste Brasileirão, no qual enfrentará o Coritiba no próximo domingo, no Mineirão, pela penúltima rodada do torneio, o volante Marquinhos Paraná admitiu que o time mineiro abusou do direito de perder pontos nos últimos confrontos no estádio pela competição.

“Temos que ganhar. Este ano no Mineirão nós vacilamos bastante. No ano passado, perdemos muito pouco e este ano poderíamos ter vencido mais que, com certeza, estaríamos brigando pelo título. Temos que procurar jogar um bom futebol e evitar que aconteça como nos jogos contra São Paulo, Palmeiras e Fluminense. A torcida está comparecendo e nos incentivando, mas nós estamos vacilando”, ressaltou Marquinhos Paraná, em entrevista publicada pelo site oficial do Cruzeiro.

O volante ainda citou o último jogo do time no Mineirão, no qual a equipe cedeu o empate ao Grêmio no finalzinho no duelo, mesmo atuando com maior número de jogadores em campo naquele momento. “Vamos procurar sempre fazer o nosso trabalho da melhor maneira possível. Vamos esperar chegar domingo e que a torcida compareça novamente. No jogo contra o Grêmio, ela incentivou até o fim e, num vacilo nosso, empataram. Agora é o Coritiba, um adversário que está precisando do resultado. Temos que ter atenção até quando acabar o jogo”, alertou.

Antes de empatar com o Grêmio, o Cruzeiro chegou a perder do Fluminense por 3 a 2, no Mineirão, depois de abrir 2 a 0 no primeiro tempo e tomar três gols na etapa final. Na ocasião, o time carioca entrou em campo como lanterna do Brasileirão.

O Cruzeiro conquistou 69,5% dos pontos que disputou diante do seu torcedor em 2009, um desempenho pior do que o apresentado em casa no ano passado. Em 2008, o time obteve 26 vitórias, quatro empates e quatro derrotas em 34 partidas como mandante, o que resultou em um aproveitamento de 80,3%.