O técnico Tite recepcionou na manhã desta segunda-feira, na Cidade do Porto, em Portugal, mais dois jogadores para dois amistosos que a seleção brasileira fará na Europa nos próximos dias. Os zagueiros Marquinhos e Thiago Silva, ambos do Paris Saint-Germain, se apresentaram no hotel em que a delegação está hospedada, mas não viajaram com o lateral-direito Daniel Alves, que se lesionou no joelho esquerdo no último domingo e deve ser cortado.

Na vitória do Paris Saint-Germain no clássico contra o Olympique de Marselha por 3 a 1, no estádio Parque dos Príncipes, em Paris, Daniel Alves sentiu dores no joelho esquerdo quando pisou no chão após uma disputa de cabeça ainda no primeiro tempo. Deixou a partida antes do final e até já fez exames médicos na capital francesa.

A seleção brasileira enfrentará o Panamá, neste sábado, na Cidade do Porto, e a República Checa, em Praga, na terça-feira seguinte. Serão os últimos amistosos antes da convocação final para a disputa da Copa América, que será no Brasil de 14 de junho a 7 de julho.

Caso Daniel Alves seja cortado, Tite tem duas opções conhecidas para substituí-lo. Um é Fagner, do Corinthians, que disputou a Copa do Mundo da Rússia, no ano passado, e a outra é Danilo, do Manchester City. Ele também pode chamar um zagueiro ou um volante e utilizar Eder Militão ou Fabinho, já convocados, na lateral-direita.

A convocação de Daniel Alves para os amistosos na Europa foi a primeira desde março do ano passado. Dois meses depois, na final da Copa da França, o lateral-direito se machucou gravemente no joelho direito e ficou de fora do Mundial e dos seis amistosos realizados no segundo semestre.