O equilíbrio prevaleceu no primeiro jogo da decisão do Campeonato Paranaense. Com o empate em 2 a 2, no Estádio do Café, o Maringá possui a boa vantagem de contar com o apoio da sua torcida para o jogo decisivo contra o Londrina, neste domingo (13), às 16h, no Willie Davids.

O Tubarão chega desgastado para a grande final. Na última quinta-feira, a equipe do técnico Cláudio Tencatti entrou em campo pela Copa do Brasil. O LEC perdeu para o Criciúma no interior catarinense, mas comemorou a classificação.

Por outro lado, o Maringá teve a semana inteira para trabalhar visando a final. O técnico Claudemir Sturion perdeu uma peça importante para o jogo desta tarde. Lesionado, o lateral-esquerdo Fernandinho não entra em campo. Baiano será o seu substituto.

Apesar de ter entrado em campo no meio da semana, o Tubarão teve os seus principais jogadores poupados. Com isso, Tencatti terá força máxima.

Provável Maringá: Ednaldo; Reginaldo, Fabiano, Juninho e Baiano; Zé Leandro, Serginho Paulista, Léo Maringá e Max; Cristiano e Gabriel Barcos.

Provável Londrina: Vitor; Maicon Silva, Dirceu, Gilvan e Paulinho; Diogo Roque, Bidía, Celsinho e Rone Dias; Arthur e Joel.