Na abertura da quinta etapa do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, nesta quinta-feira, em Praga, na República Checa, apenas uma das cinco duplas brasileiras conseguiu manter 100% de aproveitamento nas duas rodadas iniciais e avançar na competição: Márcio e Pedro Solberg. Enquanto isso, Alison/Emanuel, Ricardo/Pedro Cunha e Thiago/Ferramenta perderam um jogo cada e caíram na repescagem. Já Harley e Evandro foram eliminados com duas derrotas.

Atualmente em terceiro lugar no ranking mundial, Márcio e Pedro Solberg venceram nesta quinta-feira os suíços Laciga e Weingart (15/21, 21/15 e 15/8) e os alemães Erdmann e Matysik (21/19 e 23/21). Agora, já nas oitavas de final, eles voltam a jogar nesta sexta contra os holandeses Stiekema e Varenhorst.

Também nesta quinta-feira, Alison e Emanuel estrearam com vitória sobre os canadenses Redmann e Saxton (17/21, 21/14 e 15/13), mas perderam na sequência para os casaques Dyachenko e Sidorenko (21/13, 19/21 e 9/15). Assim, os brasileiros vão disputar a repescagem contra os suíços Laciga e Weingart.

Ricardo e Pedro Cunha, por sua vez, tiveram trajetória inversa nesta quinta-feira. Perderam na estreia para os poloneses Kadziola e Szalankiewicz (19/21 e 20/22) e ganharam depois dos canadenses Binstock e Reader (21/15, 21/23 e 15/10). Seus adversários na repescagem serão os checos Dumek e Tichy.

Já Thiago e Ferramenta começaram o dia com derrota para os holandeses Boersma e Spijkers (18/21 e 13/21) e se recuperaram com vitória diante dos norte-americanos Fuerbringer e Lucena (22/20, 17/21 e 22/20). Também na repescagem, eles jogarão agora com os espanhóis Herrera e Gavira.

Assim, a única eliminação brasileira na etapa de Praga veio com Harley e Evandro. Depois de terem passado pelo country-cota e pelo qualifying, eles perderam os dois jogos que fizeram na chave principal, para os canadenses Redmann e Saxton e para os casaques Dyachenko e Sidorenko.