O sábado acabou sendo de frustração para os torcedores brasileiros que foram ao Ginásio do Ibirapuera acompanhar as disputas deste sábado pelo Brasil Open. Horas depois de João Souza, o Feijão, cair por 2 sets a 1 diante do azarão italiano Luca Vanni nas semifinais do torneio de simples, Marcelo Melo também foi eliminado no jogo que valeu vaga na decisão de duplas do ATP 250 realizado em São Paulo.

Atuando ao lado do austríaco Julian Knowle, Melo foi superado pela dupla colombiana formada por Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, que venceu por 2 sets a 1, com parciais de 7/5, 4/6 e 10/6.

Para Melo, a derrota para os colombianos foi frustrante também pelo fato de que no ano passado ele caiu diante dos mesmos rivais na decisão de duplas do Rio Open, o principal ATP realizado no Brasil. Também no ano passado, o brasileiro foi superado pelos adversários no Masters 1000 de Madri.

Neste duelo com Cabal e Farah, Melo e Knowle chegaram a quebrar o saque dos colombianos por uma vez no primeiro set, mas viram seus rivais converterem dois de oito break points para assegurarem a vantagem inicial de 7/5.

Na segunda parcial, Farah e Cabal começaram melhor e logo abriram 2/0 com uma nova quebra de serviço, mas o brasileiro e o austríaco reagiram, conseguiram converter os dois break points que tiveram e fizeram 6/4 para empatar a partida. No super tie-break, porém, os colombianos foram superiores novamente e aplicaram o 10/6 que definiu o fim do confronto.

SIMPLES – O uruguaio Pablo Cuevas venceu o colombiano Santiago Giraldo por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3, neste sábado, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, e garantiu vaga na final do Brasil Open. Cabeça de chave número 5 do ATP 250 realizado em quadras de saibro, o tenista do Uruguai assim se credenciou para encarar na decisão deste domingo o surpreendente italiano Luca Vanni, que veio do qualifying da competição realizada no País.