O Consórcio Maracanã, o Fluminense e o Flamengo divulgaram nota conjunta nesta quinta-feira criticando resoluções a respeito dos valores de ingressos para o Campeonato Carioca, bem como pedindo respeito aos “direitos estabelecidos em contrato” no que diz respeito ao posicionamento das torcidas nos clássicos cariocas, numa clara alusão ao desejo do Vasco em retomar o lugar em que seus torcedores ficavam no Maracanã antes da reforma.

O manifesto possui seis itens e demonstra toda a contrariedade à norma imposta pela Federação de Futebol do Rio (Ferj), que tabelou o valor dos ingressos em jogos disputados no Maracanã. Pela resolução, os valores deverão ser de no máximo R$ 50 para clássicos e de R$ 40 para os demais confrontos.

“Consideramos uma violação às relações e contratos estabelecidos entre entidades privadas que têm o direito de definir os critérios de precificação dos jogos no estádio do Maracanã, atendendo a critérios como atratividade das partidas, custos operacionais e programas estratégicos como sócio-torcedor”, diz o comunicado.

O Consórcio Maracanã manifestou recentemente o interesse em romper o contrato de concessão que possui junto ao governo do Estado alegando prejuízos financeiros. Esse prejuízo também é elencado na nota desta quinta.

“É inconstitucional, por violação do princípio da livre iniciativa, qualquer medida pública ou privada que imponha a pessoas físicas ou jurídicas o exercício de suas atividades com prejuízo. As condições estabelecidas impõem aos clubes cariocas, grandes ou não, atuar com prejuízo financeiro. Reafirmamos nosso compromisso com a sustentabilidade financeira e tomaremos as medidas cabíveis para garantia do nosso direito à livre iniciativa”, diz trecho do comunicado.

O manifesto também defende a manutenção da localização das torcidas conforme contrato assinado pelos clubes com o Consórcio. Mesmo sem citar diretamente o Vasco, trata-se de uma clara resposta ao presidente Eurico Miranda, que já disse que o time só jogará no Maracanã se sua torcida ficar localizada no lado Sul do estádio.

“Esta é uma prerrogativa das relações contratuais da Concessionária Maracanã com seus dois clubes parceiros: o Clube de Regatas do Flamengo e o Fluminense Football Club, que têm por contrato o direito de terem suas torcidas em locais fixos em todos os jogos que participarem no Estádio, respectivamente o setor Norte e o setor Sul. Respeitaremos os direitos estabelecidos em contrato.”