No ano em que o Atlético conquistou a vaga na Libertadores da América e foi vice-campeão da Copa do Brasil, jogadores importantes do time comandado pelo técnico Vagner Mancini também tiveram suas conquistas pessoais e se valorizaram dentro do mercado do futebol. Segundo relatório divulgado pela Pluri Consultoria, ontem, o zagueiro Manoel e o atacante Marcelo estão entre os 100 jogadores mais valiosos do Brasil e engrossam o sucesso do Furacão dentro dos gramados nesta temporada.

Aumento de 553%

O atacante de 21 anos, um dos principais responsáveis pela arrancada do Furacão no Campeonato Brasileiro, é o 49º jogador brasileiro mais valioso na atualidade. Mais do que isso, Marcelo, que no ano passado nem aparecia no top 100 deste ranking, teve uma valorização de nada menos do que 553% em relação a 2012.

O destaque rubro-negro iniciou a temporada valendo aproximadamente R$ 4,3 milhões. Agora, para tirar Marcelo do Furacão, qualquer clube do futebol brasileiro terá que desembolsar R$ 28,1 milhões. ‘O Marcelo tem um potencial de valorização absurda e, o elenco do Atlético se apresentou muito equilibrado, com jogadores com perfil talhado para se valorizar’, ressaltou o diretor da Pluri Consultoria, Fernando Ferreira.

Depois de se firmar como um dos principais atacantes do Campeonato Brasileiro, Marcelo chamou a atenção de diversos clubes do Brasil.

Por último, o Fluminense sondou a diretoria para contar com Marcelo para a próxima temporada. Porém, desde o início deste ano, o clube já confirmou que seus principais atletas só sairão caso as propostas atendam a expectativa da diretoria.

Xerifão rubro-negro

Principal destaque da defesa e alvo de cobiça de clubes brasileiros, como Internacional e Grêmio, o zagueiro Manoel aparece na 92.ª posição da seleta lista dos jogadores mais valiosos do Brasil. Segundo o levantamento, o defensor apresentou valorização de 4,4% em relação ao ano passado e não sairá do Furacão por menos de R$ 18,6 milhões.

Outros destaques

Além dos dois atleticanos – únicos que atuam no futebol do Estado -, jogadores paranaenses ou que foram formados em equipes daqui, aparecem no top 100. São os casos dos ex-coxas-brancas Miranda, zagueiro do Atlético de Madri e do lateral-esquerdo Adriano, que atua no Barcelona. Completam a lista o volante Jucilei, ex-J. Malucelli, o atacante Alexandre Pato, que está no Corinthians, o meio-campo Marlos, que defendeu o Coritiba, o armador Giuliano, ex-Paraná, o meio-campo Lucas Piazón, formado no Coxa, além do atacante Kelvin, que foi última grande revelação do Tricolor.