O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu, nesta quarta-feira, que o treinador do Corinthians, Mano Menezes, vai a julgamento no próximo dia 14, por ter sido expulso na partida contra o Prudente, válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Caso seja condenado, após análise da Primeira Comissão Disciplinar, o treinador corintiano pode pegar até seis jogos de suspensão.

Na ocasião em que o time da capital paulista empatou em 2 a 2 com a equipe de Presidente Prudente, o árbitro Paulo César de Oliveira relatou na súmula que Mano Menezes protestou de maneira acintosa com os braços levantados, após a marcação de uma falta, no segundo tempo. Isto depois de ter sido advertido verbalmente pela mesma conduta na primeira metade da partida.

Com isso, a Procuradoria do STJD protocolou denúncia baseada no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que estabelece “assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva”, inciso II: “desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões”. A penalidade varia de uma a seis partidas de suspensão.