O técnico Mano Menezes demonstrou estar incomodado com as últimas apresentações do Corinthians. Nesta terça-feira, ele afirmou que chegou o momento da equipe dar uma resposta dentro de campo e cobrou postura decisiva dos jogadores, principalmente do atacante Ronaldo.

Nesta quarta-feira, o Corinthians joga sua permanência na Copa Libertadores diante do Flamengo, no Pacaembu – precisa vencer por dois gols de diferença para chegar às quartas.

“Temos de esperar o jogo, porque não podemos mais fazer promessas. Chegou a hora de o Ronaldo dar uma resposta forte, e ele tem capacidade. A equipe também precisa ter uma atuação melhor para que o Ronaldo também melhore”, explicou o treinador.

Sobre a escalação, Mano fez mistério. Ronaldo está confirmado no ataque e Felipe retorna ao gol, mas o treinador pode optar por um esquema mais ofensivo e utilizar Jorge Henrique desde o início, na vaga de Jucilei. “Certamente dentro de campo vamos apresentar algo diferente, mas não posso adiantar.”

É certo, no entanto, que o Corinthians buscará o gol desde o início, embora o treinador tema os contra-ataques do Flamengo. “Eles não atuarão na defesa. Mas quem precisa do gol é a gente. Com relação ao Adriano, ele terá uma marcação especial, mas não individual. Temos de pensar nos outros também, como no Vágner Love.”

No treino do Corinthians desta terça, a torcida novamente marcou presença e apoiou o clube. “Os jogadores sabem da responsabilidade da partida, mas no futebol você perde ou ganha. Não acho que o Corinthians vai jogar um trabalho de 100 anos contra o Flamengo. Isso é para deixar as coisas mais dramáticas.”