Traumatizado pela eliminação precoce na Copa do Brasil do ano passado, o Atlético-MG não deu sopa para o azar na sua estreia na competição nesta quarta-feira. Jogando fora de casa, em Dourados, no Mato Grosso do Sul, a equipe mineira fez 3 a 1 no Cene e garantiu a sua classificação para a segunda fase, eliminando o jogo de volta.

O adversário da próxima fase já está definido. E, surpreendentemente, será o Penarol, time do Amazonas, que eliminou o tradicional Santa Cruz com uma vitória por 3 a 2, em Recife, nesta quarta-feira – o jogo de ida havia sido 2 a 1 para os pernambucanos.

Com o resultado conquistado nesta noite, o Atlético-MG manteve os 100% de aproveitamento na temporada, sendo o único dos grandes clubes do futebol brasileiro a ainda ostentar tal marca. Foram, entretanto, apenas sete jogos até aqui, com um único clássico, contra o América-MG, pelo Campeonato Mineiro.

Mas a vitória no Mato Grosso do Sul não foi fácil. Ela só começou a nascer no segundo tempo, quando Neto Berola entrou no lugar de Escudero e Mancini substituiu Danilinho. Os dois deram novo ritmo ao time e especialmente Mancini foi decisivo. Foi dele o passe para André fazer o primeiro e ele também quem bateu o escanteio que culminou com o gol de Rever.

Para coroar a boa atuação, Mancini ainda fez o terceiro, depois de receber passe de André. O goleiro Anderson foi mal no lance e ajudou. Já nos acréscimos, Márcio fez de pênalti e descontou para o Cene.