Não teve jeito. Os dois pênaltis perdidos por Dodô na derrota por 1 a 0 do Vasco no clássico contra o Flamengo acabaram custando a posição de titular ao atacante. Depois de dar indícios de que o jogador poderia ir para a reserva, o técnico Vagner Mancini confirmou nesta terça-feira que Dodô ficará mesmo no banco na partida desta quarta, diante do ASA de Arapiraca, pela Copa do Brasil.

Já em Maceió, local do jogo, Mancini anunciou a mudança na equipe, mas negou que Dodô esteja sendo “barrado” por causa dos pênaltis perdidos. “Barrado não é o termo certo. Aconteceram muitas coisas nos últimos jogos e a minha opção é pela entrada do Rafael Coelho mais adiantado. Ele foi muito bem no clássico de domingo”, justificou o treinador.

Contra o time alagoano, Mancini promoverá a entrada do meia Jéferson na equipe titular. Com isso, Philippe Coutinho será adiantado para formar dupla de ataque com Rafael Coelho. Élton, que poderia concorrer à vaga na frente, mais uma vez não foi lembrado pelo treinador.

Nesta quarta-feira, o Vasco entrará em campo para enfrentar o ASA, no Estádio Nelson Feijó, em Maceió, às 15h30 (de Brasília). Se vencer por dois ou mais gols de diferença, o time carioca elimina o jogo da volta, no Rio.