São Paulo – O Manchester espera que Cicinho consiga definitivamente o passaporte italiano para fazer uma oferta ao São Paulo. A informação foi passada a Juvenal Juvêncio, diretor de futebol do clube do Morumbi, por Juliano Leonel, empresário do jogador, em uma reunião na tarde de ontem.

O mercado europeu encerra seu período de inscrições dia 31 deste mês e Leonel acredita que conseguirá o passaporte do lateral. O São Paulo espera o pagamento de US$ 7,2 milhões (R$ 16,67 milhões), valor correspondente aos 60% dos direitos sobre o jogador, detidos pelo clube. Enquanto isso, o atleta continua treinando e poderá jogar assim que cumprir os dois jogos restantes da suspensão pela expulsão contra o Juventude, no dia 31 de julho.

Amanhã, Cicinho apresenta-se à seleção brasileira que enfrentará a Croácia no dia 17. Dia 20, o São Paulo terá pela frente o Atlético-PR, em Curitiba, e Cicinho ficará fora novamente, cumprindo a última partida da suspensão.

Se não for negociado com o Manchester, ele pode voltar ao time dia 24, quando o São Paulo receberá o Fluminense.