Ontem foi uma sexta-feira diferente na vida do Malutrom. Todos os jogadores se reapresentaram no CT do clube pela manhã, enquanto a diretoria estuda a melhor saída para o elenco. Na entrevista coletiva concedida pelos dirigentes, após o anúncio da desistencia da equipe no Campeonato Brasileiro da Série B, Joel Malucelli, presidente de honra do clube, e Juarez Malucelli, presidente, evidenciaram que continuarão mantendo todos os contratos dos jogadores, e poderiam até realizar uma excursão nos próximos meses. Uma alternativa também seria emprestar os jogadores para que eles pudessem atuar por outras equipes. O Malita deveria estrear na competição nacional amanhã, contra o América Mineiro, em São José dos Pinhais.

Até o momento seis jogadores foram emprestados. Primeiramente foram o atacante Flávio e o meia Rodrigo Batata para o futebol português. Depois o meia Tcheco para o Coritiba, o lateral direito Adriano para o Figueirense/SC e, recentemente, o atacante Calmon para o Avaí/SC e o zagueiro Vitor, para o Botafogo/RJ.

Como a equipe vinha mantendo uma base de jogadores muito jovens, alguns com idade de juniores deverão retornar para jogar na disputa do clube no Campeonato Estadual de Juniores, que começará no próximo dia 17. A equipe continuará os treinamentos no CT do clube, folgando neste final de semana e retornando na segunda-feira à tarde.