Dirigentes do Cruzeiro adiaram para hoje uma reunião com o volante Maldonado e seu procurador, Hugo Rubio Montecinos. O encontro estava previsto para acontecer ontem, mas o jogador não embarcou para Belo Horizonte argumentando que ficaria na capital paulista para formalizar o seu desligamento do São Paulo. A expectativa da torcida celeste era que o jogador chileno fosse apresentado como o mais novo reforço do clube mineiro para a disputa do campeonato brasileiro.

Apesar do adiamento, persiste a informação da diretoria do Cruzeiro de que o negócio já está praticamente acertado. O próprio técnico Vanderlei Luxemburgo concedeu entrevista ontem dando o fato como consumado. “É um jogador inteligente taticamente, de muito boa técnica”, elogiou Luxemburgo, que chegou a resistir à contratação do atleta chileno, pois ele é noivo de uma de suas filhas.

Maldonado deverá assinar um contrato de três anos com o clube celeste, que pretende adquirir 50% de seus direitos federativos que pertencem ao atleta pagando cerca de R$ 2 milhões.

“Capetinha”

Ontem, o diretor de futebol do Cruzeiro, Eduardo Maluf, disse que o clube não tem mais interesse em contratar novamente o atacante Edílson.