Dono do melhor tempo do primeiro dia de treinos da Fórmula 1 em 2008, o finlandês Kimi Raikkonen reclamou do desempenho da Ferrari. Depois de liderar o primeiro treino, ele foi apenas o sexto no segundo treinamento.

"Não estou muito feliz. Durante o primeiro treino conseguimos encontrar um bom acerto no carro, mas depois tivemos dificuldades e nossos tempos refletem isso", afirmou o atual campeão mundial, que prevê trabalho pela frente.

"Precisamos analisar cuidadosamente os dados que temos, para descobrir como melhorar o carro. Já vimos que, se o acerto estiver bom, temos potencial para ser competitivos", concluiu o finlandês, vencedor da corrida australiana em 2007.