O Lyon nem precisou vencer nesta quarta-feira para confirmar a sua classificação inédita às semifinais da Liga dos Campeões. No duelo francês contra o Bordeaux, o time foi até o Estádio Jacques Delmas, casa do adversário, e segurou a derrota por 1 a 0, se beneficiando do fato de ter vencido o jogo de ida por 3 a 1. Agora, vai encarar o Bayern de Munique, que eliminou o Manchester United.

Diante do atual campeão francês, o Lyon não se intimidou. Com os brasileiros Michel Bastos e Cris em campo – Ederson ainda entrou no segundo tempo -, o time visitante manteve o equilíbrio da partida nos primeiros minutos. O Bordeaux, que contou com Wendel como titular e na etapa complementar também teve Jussiê, tentava a todo custo fugir do jogo truncado que marcou o início do confronto.

O único lance de perigo até o final do primeiro tempo foi a falta cobrada por Michel Bastos, ainda aos nove minutos, que passou perto do gol defendido por Carrasso. A resposta do Bordeaux só veio aos 43, quando Diarra acertou o travessão. Na sequência, o marroquino Chamakh abriu o placar. Após cruzamento rasteiro, a bola ainda desviou antes de o atacante empurrar para as redes.

A um gol de conquistar a classificação, o Bordeaux voltou melhor para o segundo tempo. O Lyon, por sua vez, manteve a marcação forte e segurou o ímpeto dos anfitriões. A pressão aumentou mesmo no fim do jogo. Aos 41, Wendel conseguiu uma cabeçada forte em cruzamento de Tremoulinas e parou na boa defesa de Lloris. Nos minutos finais, o Bordeaux seguiu pressionando, mas sem criar chances reais de gol.

O Lyon inicia sua participação inédita nas semifinais da Liga dos Campeões no dia 21, quando vai a Munique enfrentar o Bayern. A partida da volta será no dia 27, na França. Caso passe pelo time alemão, vai encarar na grande decisão o vencedor do confronto entre o Barcelona, atual campeão, e a Internazionale de Milão.

Se chegar à final, a ser disputada no Santiago Bernabéu, em Madri, no dia 22 de maio, o Lyon buscará apenas o segundo título da competição para a França. O único campeão do país é o Olympique de Marseille, vencedor em 1993.