O Grêmio conseguiu a vitória em sua estreia na Copa do Brasil, diante do River Plate, no Sergipe, na última quarta-feira. No entanto, o resultado de 3 a 2 só saiu nos acréscimos, depois de muito sofrimento e de uma desvantagem de 2 a 0 no placar. Por isso, o técnico Vanderlei Luxemburgo demonstrou insatisfação com o futebol apresentado e cobrou evolução da equipe.

“Não foi um bom jogo. Superamos nossas deficiências, mas precisamos melhorar porque a Copa do Brasil não admite erros”, declarou. “Temos que trabalhar, crescer um pouco mais a cada dia. Hoje (quarta) aprendemos, tínhamos o jogo bem distribuído, mas aí erramos e proporcionamos dois gols para o adversário. Os jogadores precisam se conscientizar que a competição nunca será ganha de uma forma confortável”, completou.

O resultado não evitou a partida de volta, que acontecerá no Olímpico no próximo dia 21, mas foi comemorado por Luxemburgo. O treinador exaltou a qualidade do River Plate, que venceu o Campeonato Sergipano nos últimos dois anos, e celebrou a oportunidade de definir a classificação para a segunda fase em casa.

“Nós não queríamos eliminar o jogo da volta. Se acontecesse isso teríamos um resultado excelente, mas o importante é que transferimos para o Olímpico. Se até o final da competição conseguirmos transferir para o Olímpico com a vantagem de decidir em casa será importante”, afirmou. “Eles (River Plate) são bicampeões do estado, eles tem qualidade e ainda jogavam aqui (em Aracaju)”, completou.