O São Paulo fez a sua parte neste domingo, ao vencer o time B do Santos, por 4 a 1, em Mogi Mirim, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Mas a goleada não foi suficiente para colocar a equipe tricolor na Copa Libertadores do ano que vem, uma vez que o Internacional venceu o Grêmio e ficou com a vaga. Autor de dois gols na partida deste domingo, Luis Fabiano não esquece da frustração de ter que jogar a Copa do Brasil no ano que vem.

“Fico feliz pelos belos gols que consegui marcar hoje (domingo). Foram importantes, pois ajudaram a gente a fazer a nossa parte. Mas é lamentável não termos conseguido a vaga na Libertadores”, afirmou o atacante.

Para Leão, o São Paulo pagou caro por ter perdido pontos bobos durante a competição. “É preciso aprender a caminhar com as próprias pernas e não ficar dependendo dos outros. Fizemos a nossa parte, mas um gol de pênalti no Gre-Nal nos tirou da Libertadores”, disse o técnico, em referência ao gol do Internacional, marcado depois que Oscar (ex-São Paulo) foi derrubado na área. D’Alessandro marcou.

O treinador também lembrou que o São Paulo precisava ter chegado à última rodada dependendo só de si. “Não podemos esperar nada dos outros. Temos de caminhar com as nossas pernas e aprender para superar as adversidades. Fizemos um bom primeiro tempo contra o Santos e definimos o jogo, como deveríamos ter feito em outras partidas”, ressaltou Leão.