enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Lúcio Flávio diz que está sendo cobrado até pela “patroa”

Mas o principal jogador do Paraná diz que voltará com tudo no início da Série B

  • Por Irapitan Costa

O Paraná Clube terá, até o reinício da Série B, mais 14 dias de treinamentos. Um período ideal, segundo o capitão Lúcio Flávio, para que o time busque evolução técnica e tática. O objetivo do Tricolor é chegar, o quanto antes, ao G4. Para isso, há uma preocupação com o setor ofensivo, que precisa produzir mais. Foram apenas quatro gols marcados ao longo de seis jogos, o que coloca o clube como o segundo pior ataque da competição, à frente apenas do lanterna ABC. “Com tudo isso, estamos somente a dois pontos do G4. É um sinal de que com pequenos ajustes poderemos estar em breve na zona do acesso”, disse Lúcio Flávio.

Para o jogador, o atual desempenho ofensivo não condiz com o de um clube que pretende brigar na ponta de cima da tabela. “No geral, a nossa composição defensiva foi muito boa. Nessa intertemporada, teremos tempo para corrigir esses detalhes, nos adaptando melhor ao plano de jogo estabelecido pelo nosso treinador”. O jogador lembrou que o Paraná superou com relativa tranquilidade o processo de transição pré-Série B. “Tivemos a chegada de vários reforços e uma mudança no comando técnico. Mesmo assim, o time fez, na média, um bom início de competição”, frisou.

Para o capitão, a chegada de Dado Cavalcanti foi decisiva para esse crescimento apresentado. “O grupo encorpou com a chegada do Dado. Houve sequência e todos acabam melhorando. Alguns jogadores chegaram e com essa repetição ficou mais fácil da gente se conhecer”. No aspecto técnico, credita essa evolução ao estilo de jogo imposto pelo treinador, que prioriza a posse de bola. “Ele bate muito na tecla da intensidade. Para isso, é preciso um bom toque de bola, um bom passe. Essa é uma das minhas principais características”, lembra. “Pela postura tática utilizada, buscamos sempre ficar mais tempo com a bola. Com isso, demos poucas oportunidades aos adversários nesses seis jogos. Mas ainda está longe do ideal”, frisou Lúcio.

Na busca por essa evolução, o camisa 10 destaca a importância de muita concentração neste período de treinamentos. “Todos ainda podem melhorar. É preciso buscar uma evolução, sempre. Até em casa sou cobrado, por filhos e esposa, pois preciso marcar gols. É a marca mais importante do jogo e o ideal é estar sempre marcando”. Em uma autocrítica, Lúcio Flávio acredita que está devendo neste fundamento. “Tivemos poucas faltas próximas da área. Houve várias situações para levantamento na área, mas aquela oportunidade para o tiro direto não surgiu”, concluiu o capitão paranista.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

10 Comentários em "Lúcio Flávio diz que está sendo cobrado até pela “patroa”"


eu sou COXA TÉTRA CAMPEÃO, e voce seu vérme????
eu sou COXA TÉTRA CAMPEÃO, e voce seu vérme????
6 anos 26 dias atrás

o quê, devendo até pro TARZÃ que te deu uma rasgada na sambiquira???? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk, bem feito, querendo dar uma de bonzão como semPRe, sifúd..

LUIZ CESAR CESAR
LUIZ CESAR CESAR
6 anos 26 dias atrás

A MINHA CONTA TAMBÉM ESTA DESCONTROLADA, TO DEVENDO PARA SUA IRMÃ.. AQUELA RASGADA KKKK

eu sou COXA TÉTRA CAMPEÃO, e voce seu vérme????
eu sou COXA TÉTRA CAMPEÃO, e voce seu vérme????
6 anos 26 dias atrás

o COXA deve, só que as dívidas foram “consolidadas” e estão sendo pagas, segundo o próprio virsão. FATO! agora, as2 irmãzinhas da rua eng.re-bolsas, uma é gigolona do $$$ público e a outra deve e não paga nem a tia do cafézinho, quanta diferença…

Luiz Fernando F. Araujo
Luiz Fernando F. Araujo
6 anos 26 dias atrás

Duas coisas à dizer …… É TRICOLOR !!!!!!!!!

rafael costa
rafael costa
6 anos 26 dias atrás

A dupla melância achando motivo para tirar sarro, mas aí lembro q um usa dinheiro do povo e outro deve milhões!!!

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas