O italiano Loris Capirossi disputou em 2011 a sua última temporada como piloto profissional, mas já arrumou uma nova função na MotoGP. Após 22 anos competindo nas pistas, ele foi anunciado nesta segunda-feira como novo consultor de segurança da categoria.

“Fazendo uso da sua compreensão das necessidades e exigências dos pilotos e da sua vasta experiência em diferentes máquinas, Capirossi vai dar conselhos à MotoGP em termos de segurança, novos regulamentos, competição em geral e homologação de novas pistas”, diz comunicado da categoria.

A experiência de Capirossi na categoria realmente é grande. Entre os campeonatos de 125cc, 250cc e MotoGP, foram 328 provas desde 1990, com 99 pódios, e três títulos mundiais conquistados, sendo dois nas 125cc (1990 e 1991) e um nas 250cc (1998).

Os cuidados com a segurança devem ganhar ainda mais atenção da MotoGP a partir do ano que vem, já que nesta temporada a categoria teve a morte de um piloto em pista por conta de um acidente. Na etapa da Malásia, no dia 23 de outubro, o italiano Marco Simoncelli caiu do chão e foi atropelado pelas motos do italiano Valentino Rossi e do norte-americano Colin Edwards. Ele não resistiu aos ferimentos no peito, no pescoço e na cabeça e acabou morrendo.