Mesmo com os 14 mil torcedores a empurrá-lo o Londrina não conseguiu segurar o Grêmio no Estádio do Café e acabou sendo eliminado da Copa do Brasil ao perder por 2 a 0. E a eliminação do Tubarão veio de forma dolorosa: aos 43 minutos do segundo tempo, Christian fez o segundo gol da vitória gaúcha. Pelas regras do torneio, é descartada a realização da partida de volta quando o visitante vence por dois gols de diferença.

No primeiro tempo o Londrina foi mais ao ataque, mas sem levar perigo. Só um chute de Carlos Alberto, aos cinco minutos, passou perto do goleiro Tavarelli. Já o Grêmio, na única bola que mandou a gol, ela entrou. Foi aos 41, num cabeceio de Claudiomiro.

No retorno do intervalo, os torcedores viram um jogo mais aberto. Logo aos dois minutos, Élton ficou à frente de Marcelo, que caiu aos pés do meia e segurou a bola. Na resposta paranaense, aos três, Nem cobrou falta e Tavarelli defendeu.

Nos últimos quinze minutos, os paranaenses desesperaram-se atrás do empate e os gaúchos perseguiram o segundo gol. Quando Nem mandou uma bola na trave, aos 43, os londrinenses acharam que só veriam gol no jogo de volta. Mas aos 43, até essa esperança foi desfeita. Fábio Pinto viu Christian, livre pela direita. O atacante caminhou com a bola e atirou. Fim de linha para o Londrina, que estava invicto há nove jogos.

Londrina 0 x 2 Grêmio-RS

Londrina: Marcelo; Carlos Alberto, Rodrigo, Thiago Matias e Luiz Henrique; Germano, Rocha, Eduardo Neves (Renan) e Léo (Luisinho Cascavel); Nem e Cahê. Técnico: Raul Plassmann

Grêmio: Tavarelli; Michel, Marcelo Magalhães, Claudiomiro (Thiago Prado) e Rodrigo Alvim; Cléber, Cocito, Élton e Luciano Ratinho (Cléber); Marcelinho (Fábio Pinto) e Christian. Técnico: Adilson Batista

Gols: Claudiomiro, 41 do 1.º; Christian, 43 do 2.º

Público: 14.114 pagantes.