A lesão muscular que tirou Lodeiro dos gramados por dez dias ficou no passado, e o uruguaio pôde mostrar isso na goleada por 5 a 0 diante do Resende, no último sábado, que garantiu o Botafogo na decisão da Taça Rio. Recuperado de um problema na coxa esquerda, o meia foi o destaque da vitória, marcando um belo gol e dando passe para outros dois.

“Por sorte, pude jogar bem. Agradeço o trabalho feito pelo departamento médico do Botafogo, sobretudo pelo Alex Evangelista (fisioterapeuta), que ficou a semana toda de manhã, tarde e noite comigo. Ficamos felizes de como aconteceu”, declarou o jogador, que era dúvida para o confronto.

Agora o Botafogo se prepara para uma semana decisiva. Nesta quinta-feira, a equipe inicia o duelo pela segunda fase da Copa do Brasil diante do CRB, em Maceió, e três dias depois define a Taça Rio contra o Fluminense. Se vencer, conquistará automaticamente o Campeonato Carioca, já que sagrou-se campeão da Taça Guanabara.

Um dos destaques do Botafogo nesta temporada, o uruguaio deu a receita para as partidas. “Entregar-se dentro de campo e dar o máximo. Quando entra em campo, você pode jogar bem ou mal, ganhar ou perder, mas tem sempre que mostrar vontade de ajudar e se entregar ao máximo. A gana que tem de ganhar é importante para o coração de qualquer torcedor.”