Apesar da insatisfação da torcida, o atacante uruguaio Loco Abreu minimizou a eliminação precoce do Botafogo no Campeonato Carioca – não conseguiu nem chegar às semifinais da Taça Rio. Segundo ele, o mais importante para o clube no momento é fazer uma boa campanha na Copa do Brasil, para conquistar o título e poder disputar a Libertadores no ano que vem.

“Temos quatro competições no ano. Se colocar a importância de cada, o Carioca era a de menor valor, porque não dá vaga para Sul-Americana nem Libertadores”, avaliou Loco Abreu, durante entrevista nesta segunda-feira, um dia depois da eliminação na Taça Rio – apesar de ter vencido o América na última rodada, o Botafogo ficou atrás do Olaria na classificação.

Apesar de lamentar a eliminação no Campeonato Carioca, Loco Abreu tratou de valorizar a disputa da Copa do Brasil. “Hoje, podemos jogar uma competição mais importante para o clube, como instituição. É importante transcender internacionalmente, estar fora do Brasil novamente, todos falarem do clube. O Botafogo tem que cruzar as fronteiras”, afirmou o atacante.

Mas o Botafogo também vive um momento difícil na Copa do Brasil. Na semana passada, empatou com o Avaí por 2 a 2 no Engenhão. Agora, joga nesta quarta-feira no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, para conseguir a vaga nas quartas de final. “Humildemente, achamos que temos condições de mudar a situação e ganhar lá”, disse Loco Abreu, titular do ataque botafoguense.